A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Os conceitos retrô que melhor homenageiam o passado – Parte 1

Como seria de esperar, tivemos uma participação espetacular depois que perguntamos que carros e conceitos retrô faziam a melhor homenagem ao passado de suas marcas. Tanto que um post só não daria conta de todas as belezas escolhidas por nossos leitores. Quando se inspiram na história, os designers mandam bem demais, Até porque não há muito o que errar quando, além de respeito pela linguagem das antigas, também se nota uma certa reverência aos antepassados.

Delicie-se com a criatividade dos novos projetistas. E com a sabedoria dos que construíram alguns dos modelos mais belos que já foram imaginados. Em ordem alfabética, para não dar a ideia de que nossas preferências colocaram um ou outro na frente.

 

Audi Quattro

Audi-quattro-concept-03

Essa lenda dos ralis não carece de apresentações. Quem quiser conhecer melhor o modelo lendário pode ler nosso posto sobre ele.

 

Quanto ao novo, muitos davam como certo que ele seria fabricado. Ele tinha 4,28 m de comprimento, 2,60 m de entre-eixos, 1,86 m de largura,1,32 m de altura, 1.300 kg e motor 2.5 de cinco cilindros turbo de 408 cv. Pena que ficou só na promessa.

 

BMW 328 Mille Miglia Coupé

bmw-concept-coupe-front-three-quarter

Apresentado em 2006, no Concorso D’Eleganza Villa D’Este, o Concept Coupé Mille Miglia tinha motor de seis cilindros 3.2 de 343 cv. Isso, em um modelo aparentemente leve (mas sem peso divulgado pela BMW), devia fazer horrores. Se o cupê de 4,34 m de comprimento, 1,92 m de largura e 1,25 m de altura tivesse sido destinado à produção. Não foi.

bmw-concept-coupe-driver-side-front-three-quarter bmw-concept-coupe-side-profilebmw-concept-coupe-top-open-shot bmw-concept-coupe-top-closed-shot

Outro aspecto legal dele era o modo de acesso a seu interior, como se o carro fosse um avião-caça. Ou um Messerschmitt. Dos que só andavam pelo chão, eu digo.

 

BMW M1 Hommage

BMW-M1-Homage-Concept-widescreen-02

Outra homenagem que não poderia ter passado batida. Em 2008, nos 30 anos do aniversário do M1, desenhado por Giorgetto Giugiaro, a BMW apresentou, também em Villa D’Este, o M1 Hommage. E foi com ele que a BMW parou de divulgar dados técnicos de seus conceitos… Para saber dos dados do modelo original, recomendamos a leitura de nosso post sobre a M1 de Paul Walker.

BMW-M1-Homage-Concept-widescreen-25

 

Cadillac Ciel

2011 Cadillac Ciel Concept

A Cadillac já havia voltado a acertar a mão com o estilo de seus carros quando apresentou o Ciel, em 2011. Mas ele tinha um quê de nostálgico, com a traseira de lanternas pronunciadas, quase como os antigos rabos de peixe, as portas traseiras suicidas e, acima de tudo, o tamanho nada acanhado. O Ciel tinha 5,17 m de comprimento, 3,18 m de entre-eixos, 1,97 m de largura e 1,27 m de altura, algo que se deve ao para-brisa baixinho e ao fato de o carro ser um roadster de quatro lugares, se é que isso já existiu antes dele. O motor, curiosamente, era um V6 3.6, algo modesto para um carro tão grande, não fosse o fato de ele ser turbinado e de gerar 431 cv. As rodas eram de 22 polegadas.

2011 Cadillac Ciel Concept

2011 Cadillac Ciel Concept

 

Cadillac Sixteen

cadillacsixteens2

O Sixteen, de 2003, pode não parecer nada saudosista. Especialmente se for colocado lado a lado com o modelo que o inspirou, o Cadillac V-16, dos anos 1930. Esse vermelhinho aí de cima. Um não lembra o outro em nada a não ser pela abertura do capô, em folhas para cada uma das laterais, e pelo que ambos têm debaixo delas: um V16. Este aí de baixo.

cadillac-sixteen-6-dm

O V16 do Sixteen (dezesseis, em inglês) é de 13,6 litros e foi desenvolvido exclusivamente para o protótipo. Tinha mais de 1.000 cv sem precisar de turbo ou qualquer outro tipo de indução forçada. Além disso, contava com um sistema de desligamento de cilindros que deixava apenas 4 dos 16 funcionando em baixas velocidades. Os canecos todos acordavam apenas sob aceleração plena.

Se o Ciel impressionava pelo tamanho, o Sixteen era um desbunde: 5,67 m de comprimento, 3,56 m de entre-eixos, 2,03 m de largura e 1,39 m de altura. O carro, em ordem de marcha, pesava 2.270 kg. É o tipo de máquina que, se fosse produzida, seria épica. Mas custaria uma fábula. Quem pagaria hoje uma fábula por um Cadillac, ainda que exclusivo? Pois é.

 

 

Chrysler Atlantic

Chrysler-Atlantic_Concept_1995_1600x1200_wallpaper_01

Certamente uma obra dos Metal Crafters, este cara foi atrás de uma herança que nem era sua. O Chrysler Atlantic, de 1995, buscou inspiração nos Bugatti Type 57SC Atlantic, dos anos 1930, e o Talbot Lago Coupé de 1938. Tinha 5,07 m de comprimento, 3,20 m de entre-eixos, 1,93 m de largura e 1,31 m de altura.

chrysler_atlantic_concept_01 chrysler_atlantic_concept_2-1

Seu motor, que pode ser visto abaixo, é um oito cilindros em linha de 4 litros, ou dois motores 2.0 de quatro cilindros do Chrysler Neon unidos. Um “me engana que eu gosto” legal, com rodas de 21 polegadas na dianteira e 22 na traseira. Mas era um animal interessante. Tanto que está até hoje no museu da Chrysler, em Alburn Hills.

 

 

Ford Forty-Nine

O homenageado da vez está no próprio nome do conceito: o cupê Ford 1949. Equipado com um motor V8 3.9 e com tração traseira, o conceito também miguelou qualquer outra informação além do motor, se não considerarmos as rodas, de 20 polegadas. Ainda assim, o carro era bonito e interessante o suficiente para não ficar no esquecimento.

 

Ford Shelby Cobra Concept

Shelby-Cobra-Concept-1

Dirigido pela própria lenda, Mr. Carroll Shelby, o Shelby Cobra Concept apareceu em 2004. Mas não trazia um motor V8, como seria de esperar. Ele era equipado com um V10 6.4 de 613 cv. Considerando que o carro tinha 3,95 m de comprimento, 2,54 m de entre-eixos e 1,91 m de largura, sem altura divulgada, ele devia ser leve e razoavelmente difícil de controlar.

Shelby-Cobra-Concept-7

Em outras palavras, era uma cadeira elétrica bonita demais de admirar. E em homenagem a um carro que qualquer petrolhead gostaria de ter na garagem.

 

Ford Shelby GR1

Shelby-GR1-Concept-1

Outra obra inspirada no saudoso piloto texano, o Shelby GR1 homenageava o Shelby Daytona Coupé. Veio um ano depois do Shelby Cobra e usava aparentemente a mesma base, já que o entre-eixos dos dois conceitos era exatamente o mesmo: 2,54 m. O motor também: o V10 6.4 de 613 cv.

Só as dimensões externas, além da aparência, eram distintas. O GR1 tinha 4,41 m de comprimento, 1,90 m de largura e 1,17 m de altura. Seu peso, entretanto, era muito alto: 1.769 kg em ordem de marcha!

 

Holden Efigy

2005 Holden Efijy Concept

O conceito do ano em 2007 nos EUA foi criado na Austrália para homenagear o Holden FJ (daí o nome do conceito, uma brincadeira com o sotaque australiano).

2005 Holden Efijy Concept

Foi construído sobre a plataforma do Corvette, com motor V8 de 6 litros, câmbio automático de quatro marchas e compressor Roots. Tinha 654 cv, 5,16 de comprimento, 2,95 m de entre-eixos, 2 m de largura e 1,39 m de altura.

 

Lamborghini Miura Concept

2006 Lamborghini Miura Concept

Já dissemos por aqui que Stephan Winkelmann, CEO da Lamborghini, era um legítimo petrolhead, mas nunca vamos perdoar o fato de ele ter engavetado o projeto de um novo Miura, apresentado em 2006. Na ocasião, os 40 anos do modelo original, criado em 1966, o executivo disse que o conceito era uma celebração da história da marca, mas que a Lamborghini se preocupava era com o futuro. E que desenho retrô não era algo que eles deveriam cultivar. Pô, Winkelmann, nem esse?

Com 4,59 m de comprimento, 1,99 m de largura e 1,20 m de altura, ele era equipado com um V12 6.2 de 580 cv. Até hoje o conceito está no museu de Sant’Agata Bolognese. Mas devia era estar na linha de produção… PÔ, WINKELMANN!

 

New Stratos

New-Lancia-Stratos-207

Ainda que a pisada na bola do CEO da Lamborghini seja imperdoável, quem ferrou com tudo, mesmo, foi a Ferrari. Pelo menos para essa maravilha aqui, o New Stratos, criado pelo empresário Michael Stoschek para homenagear o Lancia Stratos. Stoschek é um daqueles caras que você agradece a Deus por terem grana, de tanto que ele tem bom gosto. O empresário pegou uma Ferrari 360 Modena, encurtou seu chassi e pediu à Pininfarina para construir essa beleza. O modelo tem 4,18 m de comprimento, 1,97 m de largura, 1,26 m de altura e apenas 2,40 m de entre-eixos. Pesa apenas 1.247 kg e tem motor 4.3 V8 de 540 cv a 8.200 rpm. Veja o carro em ação no vídeo abaixo

[vimeo id=”17676057″ width=”620″ height=”349″]

O retorno foi tão positivo que um monte de outros endinheirados encomendaram a Stoschek suas unidades do New Stratos. Quem melou a brincadeira foi Amedeo Felisa, CEO da Ferrari na época, que proibiu os fornecedores da marca, entre eles a Pininfarina, de ajudar a fabricar o esportivo. Diante disso, Stoschek jogou a toalha, como ele explicou no site oficial do carro. Só que o CEO da Ferrari anunciou sua saída em julho deste ano. Tomara que isso encoraje o empresário alemão a tentar de novo…

Não seria legal ver esse carro nas ruas de algum jeito? Em outros lugares que não perto da casa de Stoschek, onde ele vez por outra deve dar uma banda com sua criação espetacular?

 

Nissan IDx Freeflow e Nismo

Nissan IDx Freeflow e IDx NISMO 5

Essa dupla entrou, em vez de apenas um deles, porque o IDx, em qualquer uma de duas duas versões, é um exemplo de homenagem ao passado que merecia produção em série. Só não chegou lá porque seria industrialmente inviável, pelo que ficamos sabendo. Uma tremenda pena. Eles ficariam muito bem nas ruas e autódromos de qualquer lugar do mundo, como mostra o vídeo abaixo.

Inspirados nos Nissan Skyline e no Datsun 510 dos anos 1960 e 1970, os IDx tinham 1,30 m de altura e 1,70 m de largura. O NISMO tinha 4,20 m de comprimento, contra 4,10 m do Freeflow. Os motores poderiam ser um 1.2 ou um 1.5 a gasolina, com transmissão CVT (a da Nissan é bem legal, vale lembrar). Pena que a promessa de produção para eles não se concretizou.

 

Renault Alpine A110-50 Concept

2012-renault-alpine-a110-50-concept_1

Ele já está prometido para a produção em série e seu protótipo mais recente deu as caras nas 24 Horas de Le Mans deste ano. Mas é o conceito de 2012, que comemorou os 50 anos do Alpine A110, que nos interessa mais nesta lista.

Isso porque ele vinha com um belo motor 3.5 V6 de 400 cv a 7.200 rpm em um corpinho de apenas 880 kg, mas também por sua beleza exterior. Com 4,33 m de comprimento, 2,63 m de entre-eixos, 1,96 m de largura e 1,23 m de altura, ele já prometia ser sensacional. Imagina quando for vendido? A previsão é que isso comece a acontecer em 2017. Estamos ansiosos.

 

Touring Superleggera Disco Volante

touring_superleggera_disco_volante_2012_3

Se um carro pudesse abusar do direito de ser bonito, esse carro seria o Touring Superleggera Disco Volante. Inspirado pelo Alfa Romeo C52 de 1952, o conceito, apresentado no Salão de Genebra de 2012, pode ser encomendado por uns poucos felizardos. Construído sobre a base do Alfa Romeo 8C, o que inclui seu motor V8 4.7 de 450 cv de origem Ferrari, o Disco Volante é apaixonante. É só rever o teste que Jeremy Clarkson fez com uma e suas declarações de amor ao carro. Nós não faríamos diferente.

O Disco Volante tem 4,61 m de comprimento, 2,70 m de entre-eixos, 2,03 m de largura, 1,31 m de altura e 1.600 kg em ordem de marcha.

 

 

Volvo Concept Estate

volvo-concept-estaste-2

O arremate desta lista não poderia ser melhor. Somos fãs de carros legais fãs de peruas, essas pobres criaturas ameaçadas de extinção. Mas gostamos mais de peruas médias, aquelas que realmente conseguem carregar uma família com conforto. E a Volvo mostrou sua ideia de perua perfeita, como já comentamos em um post de fevereiro do ano passado, pouco antes de ela ser oficialmente apresentada no Salão de Genebra. Que belo carro daria o conceito Volvo Concept Estate…

Inspirado na Volvo 1800 ES, ele, a exemplo dos BMW, prefere manter um ar misterioso. Não divulga motor, dimensões nem nada. Ok… Os próximos retrô, os carros de produção, não deixaram margem nenhuma pra mistério. Mas talvez seja essa parte da graça dos conceitos. Em breve traremos a segunda parte deste top. Fique de olho!

Matérias relacionadas

Vídeo: conheça os arredores de Nürburgring a bordo do Audi R8

Juliano Barata

Eurotrip: uma viagem de 4.000 km de carro pela Europa — parte 1

Leonardo Contesini

Surfin’ Safari – a invenção e o nascimento do buggy de praia

Dalmo Hernandes